11 de jul de 2007

Mais sobre óleo de cozinha

Óleo usado, esperança renovada
CARLA DUTRA/ Vale dos Sinos/Casa Zero Hora

Moradores do Vale do Sinos acharam uma boa resposta para uma dúvida persistente: o que fazer com o óleo de cozinha usado? Cerca de 50 pessoas de Novo Hamburgo, Dois Irmãos, Parobé e São Leopoldo produzem sabão e detergente a partir do óleo. O projeto é coordenado pela Cáritas, da Diocese de Novo Hamburgo, e já atraiu a atenção do governo federal, que enviou representantes do Ministério do Desenvolvimento Social para conhecer a iniciativa. A mistura simples, que leva óleo usado, soda, água e, em alguns casos, água e limão, evita que o produto pare no ambiente e aumenta a renda das famílias.

- O sabão caseiro é bom, dá um brilho nas panelas e limpa bem a roupa - comenta a dona de casa Lair Lourenço, 30 anos, de Novo Hamburgo.

Por enquanto, o produto é distribuído em embalagens improvisadas, sem corante ou essência. Isso, segundo coordenador da Cáritas da Diocese de Novo Hamburgo, Cláudio Roberto Schaab, deve mudar:

- Podemos fabricar a essência de forma artesanal, usando, por exemplo, casca de maçã e álcool. Apenas o corante seria comprado.

A estimativa de Schaab é de que pelo menos mil litros de óleo deixaram de ser despejados na natureza mensalmente. Um litro de óleo reaproveitado evita a contaminação de até 1 milhão de litros de água. Professor do Centro Universitário Feevale, Jairo Lizandro Schmitt lembra que o óleo de fritura jogado no esgoto entope a rede e dificulta o funcionamento de estações de tratamento, encarecendo o processo de filtragem.

Em Porto Alegre, a escola João XXIII desenvolve iniciativa parecida, incentivando os alunos a fazer sabão do óleo usado na cantina.

( carla.dutra@zerohora.com.br )

Como copiar :

Mulheres assistidas por programas da diocese participam da produção de sabão e detergente
O produto é distribuído gratuitamente ou vendido, conforme a decisão de cada grupo.

Há mulheres que passam a fabricar os produtos de limpeza em casa, para uso próprio ou para aumentar a renda.

A receita do sabão
Dilua 500 gramas de soda em um litro de água
Misture dois litros de óleo usado e suco feito de dois limões
Mexa por 45 minutos
Guarde por 48 horas
Corte em barras
Rendimento: 40 barras

A receita do detergente
Dissolva 500 gramas de soda em dois litros de água
Acrescente três litros de óleo usado e dois litros de álcool
Misture por cinco minutos
Acrescente dois litros de água e mexa por 10 minutos (duas vezes)
Misture mais 13 litros de água e mexa por cinco minutos
Podem ser acrescentados corantes e essências
Rendimento: 22 litros

ATENÇÃO:

é preciso atenção redobrada com a soda cáustica, produto que pode causar queimaduras. O ideal é usar luvas e utensílios de madeira ou plástico para preparar a mistura;

A administração de Porto Alegre acordou para o problema do óleo de cozinha. O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) assinou um convênio com três empresas que darão um destino correto ao produto. A população poderá entregar o óleo de fritura em uma garrafa plástica ou recipiente de vidro em 24 postos. As empresas Celgon, Faros e Oleoplan recolherão o óleo e o encaminharão à reciclagem.

Nenhum comentário: