13 de dez de 2007

Peixes mortos no arroio castelhano




A Fepam e a Secretaria de Meio Ambiente ainda tentam descobrir o que causou a mortalidade de diversas espécies de peixes no arroio castelhano na semana passada.


O que se sabe até o momento é que pelo menos 18 espécies foram afetadas, 15 delas nativas do RS.


As análises de água ainda não estão prontas, mas em breve poderão ser analisadas.


Os peixes foram identificadas pelos biólogos Fábio Silveira Vilella, especializado em peixes e que ajudou a atender a ocorrência e José Pezzi, especializado em taxonomia de peixes.


As espécies identificadas foram:


1. Hypostomus aspilogaster - cascudo

2. Pimelodus maculatus - pintado

3. Astyanax sp1 - lambari (espécie ainda não descrita)

4. Oligosarcus robustus - branca

5. Cyphocharax voga - birú

6. Crenicichla punctata - joana

7. Gymnogeophagus gymnogenys - cará

8. Rhamdia aff quelen - jundiá

9. Rineloricaria strigilata - cascudinho, violinha

10. Geophagus brasiliensis - cará

11. Rineloricaria aff microlepidogaster - cascudinho, violinha

12. Astyanax sp2 - lambari (espécie não descrita)

13. Hemiancistrus punctulatus - cascudo

14. Ancistrus brevipinnis- cascudo

15. Astyanax jacuhienses - lambari


16. Cyprinos carpio - Carpa húngara - EXÓTICA

17. Ctenopharyngodon idella - Carpa capim - EXÓTICA

18. Ictalurus punctatus - catfish do canal (espécie de criação proibida) - EXÓTICA

Nenhum comentário: