27 de mar de 2007

Coleta seletiva


O QUE PARA UNS É LIXO, PARA OUTROS É OPORTUNIDADE
Ajude fazendo a sua parte!


O QUE É LIXO?
Lixo ou resíduo é qualquer material considerado inútil, supérfluo, repugnante ou sem valor, gerado pela atividade humana e que precisa ser eliminado. O conceito de lixo é uma concepção humana, porque em processos naturais não há lixo, apenas produtos inertes. Desta forma, tudo o que pode ser reciclado ou reaproveitado não é caracterizado como lixo. Portanto, nem tudo o que chamamos de lixo é realmente. Além do material que pode ser reciclado ou reaproveitado há também matéria orgânica que pode ser transformada. É o caso dos restos de alimento, folhas e galhos que podem se transformar em adubo através de um processo simples de compostagem.

O “LIXO” EM VANÂNCIO AIRES
Todo ser humano no desenrolar de suas atividades diárias produz uma grande quantidade de “lixo” que, de alguma forma, deverá ser gerenciado pela sociedade. O que não for resíduo pode, potencialmente, ser reaproveitado (utilizado novamente, sem transformações) ou reciclado (transformado novamente em matéria prima para fabricação de outros produtos). Atualmente em Venâncio Aires, apenas na zona urbana, são recolhidas 23 toneladas de “lixo” todos os dias. Se calcularmos uma média simples, casa venâncio-airense residente na cidade (cerca de 35.000,00 habitantes) produz 657g de “lixo” por dia! Das cerca de 740 toneladas de material que é recolhido ao mês e passa pela Usina de Triagem de Lixo, apenas 40 toneladas (menos de 5,5%) está em condições de ser separado e vendido para reciclagem, todo o restante vai para o Aterro Sanitário de Minas do Leão. E porque isso ocorre? Porque grande parte do material que poderia ser reciclado está contaminado com o lixo orgânico e rejeito.

COMO POSSO AJUDAR?
Cada cidadão pode ajudar através de atividades simples:
*Promovendo a separação do lixo orgânico/rejeito e dos materiais recicláveis em sua casa e trabalho;
*Conhecendo o dia e horário da coleta de lixo em sua rua;
* Colocando o “Lixo Seco” (material reciclável) separado APENAS nos dias de coleta seletiva;
*Fazendo compostagem dos restos de comida e folhas, que podem ser reutilizados como adubo;
*Diminuindo o consumo de materiais não recicláveis ou nocivos ao meio ambiente (preferir embalagens recicláveis a produtos com diversas embalagens que serão descartadas, por exemplo);
*Preferindo embalagens reaproveitáveis (potes de vidro, latas que podem ser usados pelo próprio consumidor, por exemplo) ou retornáveis àquelas descartáveis;
*Avisando a Semma caso haja algum problema com a Coleta Seletiva em sua rua ou bairro.

O QUE PODE SER RECICLADO? Vidro, plástico, alumínio, papel, até caixinhas de leite, desde que seja manejado da forma correta (separado adequadamente, em condições de ser aproveitado, descartado na coleta seletiva, etc.).

POR QUE REAPROVEITAR? Reaproveitar é a forma mais barata de reutilizar um material, pois ele não precisa passar por nenhum processo.

POR QUE REDUZIR? A forma mais eficiente de ajudar a preservar o meio ambiente é, sem dúvida, reduzir o consumo de materiais. Evite produtos com muitas embalagens, por exemplo. Prefira as embalagens de papel e alumínio, que são mais fáceis de reciclar e reaproveite sempre que possível.

QUANDO COLOCAR O LIXO NA RUA? Coloque o mais próximo possível da hora da coleta, assim você evita que o seu saco seja violado por animais e garante que o material vai ter condições de ser levado pela coleta seletiva.

QUAIS OS DIAS DA COLETA EM MEU BAIRRO?

(Bióloga Mariana Faria Corrêa)

2 comentários:

derlli disse...

precisa de licenciamento ambiental para producao de peixe em represa?

caso sem o licenciamento ambental pode-se vender o peixe?

1/2 Ambiente On Line disse...

Sim, qualquer atividade que gere impacto ambiental precisa licença. Para vender produtos de origem animal você tem que cumprir diversas estapas legais, inclusive com a vigilância sanitária.